Stratasys Blog

Calculando o Valor de um Modelo Impresso em 3D em Arquitetura

Por Piet Meijs, Especialista 3D Graduado, Rietveld Architects, Nova York.

Em maio deste ano, eu me juntei a um amigo meu, Justin Levitz da NRI em Nova York, como palestrante convidado em sua apresentação de educação continuada para o Instituto Americano de Arquitetura (AIA/CES). Fizemos várias apresentações juntos, então isso me deu a oportunidade de refletir sobre o motivo de usarmos impressão 3D em nosso escritório. A pergunta mais frequente durante a apresentação é sempre: “Quanto custa?” Mas em minha opinião, essa é a pergunta errada. A pergunta correta deveria ser “Qual é o valor?”

O Valor de um Modelo 3D
Em 2008, eu participei e apresentei no Encontro do Grupo de Usuários de Objet Norte-Americano em San Diego. Outro palestrante lá era Michael Schrage, que falou sobre o valor de um modelo impresso em 3D. Sua apresentação foi muito engrenada rumo ao design industrial e, naquele momento, eu não entendi completamente a mensagem dele.

Ele explicou para nós que o valor de um modelo não é igual ao seu custo. O custo de um modelo é a soma de suas partes, normalmente material e trabalho. Mas o que é então o valor de um modelo? O valor está em sua capacidade de comunicar um design.

Um modelo impresso em 3D pode ser usado para testar várias opções de design. Estes são os protótipos tradicionais. Mas quando o designer escolhe uma solução para um problema de design específico, ele/ela normalmente precisa convencer alguém a seguir adiante com aquele design – ou seu superior ou um cliente.

Certamente o designer já está convencido de que o design que ele/ela põe adiante é a melhor solução. Isso é porque ele trabalhou no design por um longo período, experimentou diferentes opções e talvez até prototipou várias versões através do processo de design. Assim, tudo que é necessário agora é convencer o chefe ou o cliente de que esta é a melhor solução.

Normalmente estas apresentações de design são limitadas no tempo. O designer só tem uma oportunidade para convencer o chefe ou o cliente da qualidade do design. Portanto, quanto melhor for a apresentação, mais provável será que eles o aceitem. Além de desenhos e imagens em 2D mais tradicionais, um modelo impresso em 3D pode ser uma ótima ferramenta para esse tipo de apresentação.

Modelo de Arquitetura Impresso em Objet 3D – Vista Elevada Lateral

Então se o modelo ajuda o cliente ou o superior a entender o design melhor e ser convencido de que esta é a solução correta, o projeto pode prosseguir para a próxima fase, e é aí que está o valor.

E se o designer não conseguir convencer o cliente ou o superior? O designer então teria que voltar e mudar o design ou mudar a apresentação. Este atraso no processo não só custa muito dinheiro extra, como também resulta em horas extras de trabalho para o designer, reuniões extras com o cliente ou o superior, maiores custos de financiamento e mais provavelmente um atraso no tempo de conclusão do projeto.

Isso não quer dizer que, com um modelo, um design será sempre aprovado, mas o que é certo é que quanto mais informação houver, menos provável será que sejam tomadas decisões erradas que poderiam atrasar o projeto.

Esse tipo de valor é impossível de quantificar em termos de compra simples, porque nunca saberemos o que “não aconteceu”; no entanto, todo designer já teve que lidar em algum momento com clientes ou superiores que mudaram suas decisões anteriores porque elas foram tomadas com base em informações erradas ou em mal-entendido. E essas decisões erradas podem vir a ser muito custosas. Os custos “não incorridos” devidos à presença da informação no modelo 3D é, portanto, o valor do modelo impresso em 3D e a tecnologia.

Resumo
O valor de um modelo impresso em 3D está em sua capacidade de comunicar uma ideia. Com a mídia social por todos os lados ao nosso redor, a quantidade de estímulo visual tem aumentado significativamente e as dimensões da atenção das pessoas têm sido reduzidas a 140 caracteres. Como designer, se você não consegue passar sua mensagem por uma janela bem pequena, perderá o foco da reunião. Um modelo preciso de escala detalhada, conforme fornecido por uma impressora 3D de alta resolução, tem a capacidade de comunicar uma tonelada de informações num piscar de olhos, e pode, portanto, ser incrivelmente valioso tanto para designers como para arquitetos.



Objet 3D Printed Architecture Model – Plan View

Este post também está disponível em: Inglês Chinês Japonês Espanhol

Sam Green, Head of Marketing for Rapid Prototyping Solutions, Stratasys

Sam Green, Head of Marketing for Rapid Prototyping Solutions, Stratasys

Sam Green is Head of Marketing for Rapid Prototyping Solutions at Stratasys.

Add comment

Archived Posts

Subscribe to Our Mailing List

Subscribe to Our Mailing List