Impressoras 3D Ajudam a Criar um Nova Geração de Robôs



Estamos Agora um Passo Mais Perto de Andróides Mais Parecidos com Humanos Usando Impressão 3D?

Se você ainda não ouviu, há um novo avanço no campo ou robótica agora tomando forma – bem literalmente, de fato. Conhecido como ‘Robótica Macia’, essa ciência emergente visa ao rompimento das diferenças físicas que restam entre humanos e robôs.

O Desafio ‘Humano’

Até agora, robôs têm tido corpos rídigos e sido feitos de materiais que são muitas vezes mais rídigidos e mais fortes do que os tecidos macios em nossos corpos. Consequentemente, eles não parecem humanos em nada a não ser na forma geral. Peter Walters e David McGoran são dois pesquisadores na Universidade de West England, Bristol, que estão trabalhando para mudar isso.



Peter Walters e David McGoran

Trabalhando do Laboratório de Impressão 3D no Centro de Pesquisa em Impressão Fina da universidade, eles criaram um ‘músculo artificial’ que imita com proximidade o movimento e função de tentáculos que você encontraria em um polvo ou lula. Os músculos artificiais são feitos de material de Efeito Térmico de Memória (Biometal), que contrai quando aquecido por uma corrente elétrica. O fio de biometal é embutido em um braço de tentáculo impresso em 3D que pode se mover em várias direçoes quando estimulado.

Por que impressão 3D?

A impressão 3D pode proporcionar o formato complexo, completo com cavidades para passar os fios de Biometal, que seria difícil de replicar com moldagem de silicone tradicional. Imprimindo os tentáculos diretamente em 3D, os pesquisadores conseguem eliminar toda a fase de moldagem, acelerar as iterações de design e fazer alterações facilmente nas estruturas do tentáculo sem o alto preço de mudar as ferramentas de moldagem.



Tentáculo Funcional Criado Usando Biometal e Material Flexível Impresso em Objet 3D

Os tentáculos nestas fotos são criados em uma impressora Objet 3D – a única tecnologia no mundo capaz de imprimir em 3D tanto materiais rígidos como tipo borracha juntos na mesma estrutura. As partes impressas com Objet são as seções azuis. Essas são realmente feitas de material tipo borracha transparente Objet TangoPlus™, que foi então pintado de azul após a impressão 3D e a limpeza.

Próximo Passo: Andróides Impressos em 3D?

O Escritor de Ficção científica Isaac Asimov usou o termo ‘robótica’ pela primeira vez em 1941. Como um de muitos autores favoritos de todos os tempos, suas histórias de Robot and Foundation captaram minha imaginação enquanto adolescente. Um dos personagens centrais nesses romances era um robô homanóide chamado ‘Daneel Olivaw’ que trabalhava para ajudar a salvar a humanidade e estabelecer um Império Galático através do espaço. Daneel parecia um ser humano até aos mínimos detalhes, no entanto, sob sua pele sintética, Asimov descrevia ‘fios e aço’.

Com mais avanços usando a impressão 3D e biometais, talvez não demore muito para que vejamos andróides funcionando criados usando impressão 3D de múltiplos materiais. Usar um sistema assim permitiria aos designers combinar ossos rígidos impressos em 3D e juntas perfeitamente conectadas a tecidos macios flexíveis impressos em 3D – e tudo acionado por nervos e tendões de biometal, precisamente nas complexas ramificações internas.

O que vem a seguir? Talvez robôs humanóides explodindo no espaço para criar condições em Marte para o assentamento de humanos?



Junta Humana Impressa em 3D com Múltiplos Materiais em Materiais Rígidos e Tipo Borracha. Criada como uma Única Estrutura Contínua sem Colagem por Estudantes em Virginia Tech

Para saber mais sobre o trabalho de tentáculo impresso em 3D, leia o artigo acadêmico de Peter Walters e David McGoran, o qual eles apresentaram na IS&T Digital Fabrication 2011.

Este post também está disponível em: Chinês, Inglês, Japonês, Espanhol, Korean

Deixe um comentário

*