A bicicleta de papelão...e o futuro da impressão em 3D

Parece história da Apple. Do galpão de seu quintal, um inventor israelense, Izhar Gafni, trabalhando e experimentando com o modelo tradicional da bicicleta, desenvolveu algo revolucionário: uma bicicleta de papelão. Como sabemos, embora o papelão seja bem resistente quando usado no formato de caixa, vai ficando cada vez mais desafiador neutralizar seus pontos fracos ao se desenvolver o quadro e rodas de uma bicicleta capazes de aguentar um adulto.

Mas depois de mais de um ano e meio de trabalho, Izhar chegou a seu projeto final, e a bicicleta de papelão poderá entrar no mercado custando cerca de 20 dólares, tornando-a ideal para suprir as necessidades de transporte de bilhões de pessoas em regiões como a África subsaariana, o Oriente Médio e partes da Ásia.

Ela também poderia fazer muito sucesso entre a comunidade ecologicamente correta e entre estudantes que buscam alternativas mais viáveis e sustentáveis aos meios de transporte tradicionais de curta distância.


cardboard bike

A bicicleta de papelão e seu inventor, Izhar Gafni. Foto: Reuters.

Mas você deve estar se perguntando, que ligação tem isso com a impressão em 3D? Bem, não é tanto uma ligação quanto uma indicação de uma tendência futura. Até onde eu sei, Izhar não usou uma impressora 3D para fazer os protótipos de sua bicicleta (não é preciso dizer que papelão e plástico são completamente diferentes quanto a propriedades estruturais e desempenho), mas uma citação no artigo no Telegraph do Reino Unido me ocorreu como uma indicação:

“Isso representa uma mudança decisiva. Altera ... o modo como produtos são fabricados e despachados, faz com que fábricas sejam construídas em toda a parte, em vez de transferir a produção para mercados com mão-de-obra mais barata; tudo o que conhecemos no mundo da produção pode mudar,”

A chave para esta mudança é que uma bicicleta de papelão não precisa do investimento financeiro em máquinas e linhas de produção usadas para criar as precisas peças metálicas prensadas e acessórios de uma bicicleta convencional. Então agora é fácil abrir uma fábrica de bicicleta de papelão em qualquer lugar. Provavelmente, tudo o que você vai precisar é de uma ou duas prensas de papelão baratas, a matéria-prima e pronto! Começando a fazer sentido?

Os benefícios da impressão em 3D são muito parecidos. Embora os materiais não sejam tão baratos quanto o papelão, a impressão em 3D consiste basicamente na capacidade de criar o que você quiser, aqui e agora. Nada de fábricas caras e linhas de produção. Os consumidores têm a oportunidade de se tornarem projetistas e fabricantes ao mesmo tempo. E nesse processo eles reduzem a cadeia de fornecimento e a necessidade de manter estoques - o que ajuda a reduzir o custo final que é repassado ao consumidor.

Em resumo, todos saem ganhando.

Vou continuar acompanhando essa história e ver no que ela vai dar. Fique ligado e lembre-se: você viu primeiro no blog da Objet!

 

Este post também está disponível em: Chinês, Inglês, Japonês, Espanhol, Korean

Deixe um comentário

*