Stratasys Blog

Peças fotossintéticas vestíveis impressas em 3D de Neri Oxman trazem nova luz à arte, design e tecnologia na TED2015.

Neri Oxman’s lauded TED Talk reveals Stratasys 3D printed wearable designed to host living matter. Photo credit: Bret Hartman, courtesy of TED.
A elogiada TED Talk de Neri Oxman revela uma peça vestível impressa em 3D projetada para abrigar matéria viva. Crédito da foto: Bret Hartman, cortesia da TED..

Arquiteta, designer e colaboradora de impressão 3D de longa data, a professora Neri Oxman revelou a primeira peça vestível fotossintética impressa em 3D do mundo com matéria biológica incorporada, no palco da TED2015, em Vancouver.

Oxman revelou Mushtari, uma obra de arte impressa em 3D pela Stratasys e a primeira peça vestível a combinar manufatura aditiva multi-material e biologia sintética.

Back piece of Mushtari filled with chemiluminsecent liquid. The fluid channels in the wearable, 3D printed by Stratasys, stretch to around 58 meters and inner channel diameters range from 1 mm to 2.5 cm. Photo credit: Jonathan Williams and Paula Aguilera, courtesy of Mediated Matter.
A elogiada TED Talk de Neri Oxman revela uma peça vestível impressa em 3D projetada para abrigar matéria viva. Crédito da foto: Bret Hartman, cortesia da TED.

“Esta é a primeira vez que a tecnologia de impressão 3D é usada para produzir uma peça vestível com canais internos vazios projetados para abrigar micro-organismos”, disse Oxman. “Inspirado no trato gastrointestinal humano, Mushtari hospeda micro-organismos sintéticos – uma co-cultura de cianobactéria fotossintéticas e bactéria E. coli – que podem apresentar cores brilhantes fluorescentes no escuro e produzir açúcares ou biocombustíveis quando expostos ao sol. Tais funções, em um futuro próximo, vão beneficiar quem a vestir ao escanear a pele, reparando tecidos danificados e dando sustentação ao corpo, um experimento nunca tentado antes”.

A exclusiva tecnologia de impressão 3D com jateamento triplo da Stratasys permitiu que a equipe de Oxman – incluindo seu pesquisador, Will Patrick – criasse uma longa rede de fluídos dentro do Mushtari que apresentasse transparência variada, do opaco ao translúcido.

Back piece of Mushtari with illuminated channels. Stratasys’ unique 3D printing technology enabled Oxman’s team to create a large fluid network that varied color, flexibility and transparency from opaque to clear. Photo credit: Jonathan Williams and Paula Aguilera, courtesy of Mediated Matter.
Parte posterior do Mushtari com canais iluminados. A excepcional tecnologia de impressão 3D da Stratasys permitiu que o time de Oxman criasse uma longa rede de fluídos de cor, flexibilidade e transparência variadas, do opaco ao translúcido. Crédito da foto: Jonathan Williams e Paula Aguilera, cortesia da Mediated Matter.

“Isto permitiu que níveis de transparência e translucidez variáveis fossem projetados nas áreas de superfície onde a fotossíntese era desejada”, comentou Oxman. “Canais e bolsos foram implementados para melhorar o fluxo e a funcionalidade das células – tamanha graduação de propriedade mecânica e ótica apenas pode ser atingida usando impressão 3D multi-material com alta resolução espacial para fabricação”.

A Stratasys desenvolveu uma nova solução sob medida para esta peça específica.  Segundo Naomi Kaempfer, Diretora de Criação de Arte e Design de Moda da Stratasys, “nós temos uma produtiva colaboração de pesquisa com a professora Neri Oxman, com grandes benefícios recíprocos à medida que nós empurramos um ao outro ao limite da capacidade tecnológica e de expressão. Imprimir o Mushtari em 3D é um maravilhoso exemplo de quão longe esta colaboração pode nos levar”.

Neri Oxman and her team collaborate with Stratasys to produce the world’s first 3D printed photosynthetic wearable. Photo credit: Steven Keating, courtesy of Mediated Matter.
Neri Oxman e sua equipe colaboram com a Stratasys para produzir a primeira peça vestível fotossintética impressa em 3D do mundo. Crédito da foto: Steven Keating, cortesia da Mediated Matter.

“Os canais de fluídos na peça vestível esticam até cerca de 58 metros com o diâmetro interno dos canais variando de 1 mm a 2,5 cm, frequentemente fazendo curvas apertadas em novas direções. Extrair o material de suporte de uma estrutura tão longa, estreita e complexa para criar canais vazios para a matéria biológica foi um grande desafio. Nossa equipe de Pesquisa e Desenvolvimento foi além dos limites de nossa tecnologia existente, criando uma estrutura melhorada de suporte dedicado para permitir um processo suave e eficiente para apoiar a ideia da professora Oxman”.

Mushtari é uma continuação de uma peça de Oxman chamada Wanderers: An Astrobiological Exploration, parte da coleção de design “The Sixth Element”, curada pela Stratasys para a Euromold 2014. Com quatro peças de arte de Oxman, a série Wanderers é uma colaboração contínua entre a Stratasys e Oxman, junto com membros do grupo de pesquisa Mediated Matter, o laboratório da professora Pamela Silver na Harvard Medical School e Deskriptiv (Christopher Bader e Dominik Kolb).

3D printed on the Stratasys Objet500 Connex3 Color Multi-Material 3D Production System, Mushtari is filled with luminescent liquid. Photo credit: Jonathan Williams and Paula Aguilera, courtesy of Mediated Matter.
Impresso em 3D no Sistema de produção 3D Objet500 Connex3 Color Multi-Material da Stratasys, o Mushtari é preenchido com líquido luminescente. Crédito da foto: Jonathan Williams e Paula Aguilera, cortesia da Mediated Matter.

A série Wanderers especula a possibilidade de viajar a outros planetas, para além do planeta Terra. Cada uma das peças vestíveis na série é projetada para conter e gerar elementos de suporte de vida. Mushtari, que significa enorme ou gigante em árabe, evocando o planeta Júpiter, foi desenhado como um cordão único cheio de matéria biológica. Um sistema orgânico para consumir e digerir biomassa, absorvendo nutrientes e expelindo resíduos, o trato translúcido impresso em 3D foi projetado para aguentar o fluxo de cianobactéria elaborado para converter luz do sol em sacarose apresentando as possibilidades de sustentação de organismos vivos dentro de uma peça vestível.

A peça impressa em 3D Stratasys para a criação de Oxman e sua TED Talk deu continuidade a esta ideia e viu Mushtari funcionar pela primeira vez como um veículo para suportar, controlar e manipular organismos vivos dentro de um dispositivo vestível.

“No fim, está claro que a incorporação da biologia sintética em produtos impressos em 3D para microbiomas vestíveis permitirá a transição de projetos que são inspirados pela natureza a designs feitos com e pela natureza, para, possivelmente, projetar a própria natureza”, concluiu Oxman em referência a empreendimentos futuros.

O vídeo desta TED Talk imperdível estará online em breve. Siga o blog da Stratasys para vê-lo!

Este post também está disponível em: Inglês Alemão

Carrie Wyman

Carrie Wyman

Carrie is a technology and 3D printing enthusiast, with a passion for beautiful design.

Add comment

Archived Posts

Subscribe to Our Mailing List

Subscribe to Our Mailing List