A estratégia da “fábrica do futuro” da Schneider Eletric inclui soluções de impressão 3D da Stratasys

Multinacional Schneider Electric planeja a sua Fábrica do Futuro com impressão 3D Stratasys Click To Tweet

Especializada em distribuição elétrica, gestão de automação e produção de componentes de instalação para a gestão de energia, a Schneider Electric está usando uma combinação das tecnologias de impressão 3D, PolyJet e FDM, da Stratasys para o desenvolvimento de produtos, protótipos e industrialização. Isto inclui várias aplicações, incluindo moldagem por injeção e ferramentas para linha de montagem,  cujo design e a produção são geridas internamente via  Openlab.

Schneider Electric leverages a range of Stratasys 3D printers for various prototyping and manufacturing applications to improve production efficiencies and gain cost and time improvements
A Schneider Electric utiliza diferentes impressoras 3D Stratasys para viabilizar diversas aplicações de prototipagem e de manufatura a fim de melhorar a eficiência da produção e de reduzir custos e tempo.

Desde a implementação das soluções de impressão 3D em suas operações de produção em Grenoble, na França, a Schneider Eletric já contabilizou economia de até 90% de tempo e de custos em seus processos.

De imediato, a economia de tempo e de dinheiro com a adoção das soluções de impressão 3D da Stratasys é de 90%, considerando-se toda a manufatura da operação da Shneider Eletric en Grenoble, na França.

“Este ano, a Schneider lançará cerca de 400 novas soluções, o que representa mais de um lançamento diário. Por isso, é fundamental a adoção de tecnologias que nos ajudem a reduzir o tempo de colocação de novos produtos e soluções no mercado”, afirma Sylvain Gire, vice-presidente de GSC Transformação e Industrailização da  Schneider Electric.

A combinação de economias financeiras dramáticas com o aperfeiçoamento dos processos de fluxo de trabalho possibilitada pela impressão 3D da Stratasys tem contribuído para a eficiência geral da produção da planta e reduzido o tempo de lançamento de produtos ao mercado em áreas-chave.

A impressão 3D de moldes de injeção para projetos de prototipagem em seus materiais finais ao invés de alumínio

A adoção de tecnologias como a impressão 3D é crítica para reduzir nosso time-to-market - Sylvain Gire,… Click To Tweet
3D printed injection mold with resulting part, produced on a Stratasys Objet Connex 3D Printer. Using 3D printing, Schneider Electric is witnessing cost and time efficiencies of up to 90%
Molde para Injeção impresso em 3D com a Stratasys Objet Connex e a peça injetada no material final – 90% de redução de custos e tempo de produção.

Segundo Sylvain Gire, a empresa reduziu seus custos de produção para 100 euros ao adotar os molde de injeção impressos em tecnologia 3D da Stratays nos projetos de prototipagem, uma redução significativa comparada aos 1.000 euros, que eram gastos ao fabricar os mesmos itens em alumínio.

“Além da economia astromômica da qual nos beneficiamos com a impressão em 3D de moldes para injeção, também foi possível reduzir drasticamente o tempo para produzi-los, então estamos ganhando em todas as etapas. A fabricação dos protótipos dos moldes em alumínio exige – em alguns casos – um tempo de espera de até dois meses, mas, com as soluções de impressão 3D Stratasys, conseguimos concluir todo o processo no prazo de uma semana. Com isto, ganhamos uma economia de cerca de 90% no tempo de produção, o que seria impossível conseguir com qualquer outra tecnologia, destaca Gire.

Design e engenharia de ferramentas para linhas de montagem mais eficientes

A 3D printed jig, produced using Stratasys Connex-based 3D printing, enables quick functional tests and required design iterations on the production line
Gabarito impresso em 3D na máquina Stratasys Objet Connex 3D, que permite testes funcionais rápidos e interações necessários nos projetos na linha de produção.

Esses benefícios também se estendem ao design e engenharia do departamento de mecânica da Schneider Electric, que é responsável pela produção de ferramentas de montagem, controle e ajuste para a sua ampla gama de produtos diversificados. Isto porque este setor tem constatado a eficácia da produção de protótipos e acessórios por meio das tecnologias de impressão 3D da Stratasys para a realização de testes de validação ergonômicos e funcionais de ferramentas de montagem final.

Schneider Electric usa tecnologias de impressão 3D Stratasys FDM & PolyJet para prototipar acessórios e… Click To Tweet

Usando a tecnologia de impressão 3D Stratasys Connex multimaterial, Yann e sua equipe hoje conseguem produzir novos protótipos de ferramentas de manufatura em apenas uma semana. No passado, levavam pelo menos três semanas para isto ao utilizarem usinagem CNC convencional, o que equivale a uma enorme economia de tempo, de cerca de 70%. “Esta tecnologia mudou a nossa forma de trabalhar e de pensar sobre como fazer as coisas no futuro, quando pretendemos imprimir em 3D ferramentas finais, algo perfeitamente viável, dada a precisão e durabilidade do processo”, acrescenta Sittarame.

A fábrica do futuro

Para Gire,  a Schneider Electric está firmemente comprometida com a criação de uma “Fábrica do Futuro” e vê a Stratasys como uma parceira estratégica para a concretização deste projeto.  “Nós começamos a usar as tecnologias de impressão 3D da Stratasys há alguns anos para prototipagem de novas soluções. Continuaremos avançando com a utilização das soluções de impressão 3D Stratasys para o desenvolvimento contínuo do nosso processo de ferramental, especialmente para a produção de pequenas quantidades de novos produtos. Vamos também olhar, em breve, para o uso da manufatura aditiva para para a produção final de peças de reposição ou para os requisitos de baixo volume”, reforça ele.

Fale com a Equipe Stratasys no Brazil

Envie um e-mail para erica.massini@stratasys.com ou ligue para (11) 2626-9229. Nosso time está a disposição para tirar dúvidas sobre a implementação da tecnologia de manufatura aditiva na sua indústria – linha de produção ou montagem – ou na área de Desenvolvimentos de Produtos.

Este post também está disponível em: Inglês

Deixe um comentário

Comment
Share This